KOMBUCHA. O que é e quais são seus benefícios para a saúde!

Publicado por Crisdietetica Marketing em

Já ouviu falar na Kombucha?

Embora esta bebida esteja extremamente em alta nos últimos meses, ela já existe há aproximadamente 2 mil anos e é conhecida pelos chineses como "elixir da saúde eterna". A kombucha é preparada a partir da fermentação de chás. Um dos maiores diferenciais da bebida - e o que tem chamado a atenção de profissionais da área da saúde e consumidores antenados - é o fato de ela ser uma rica fonte de probióticos, além de possuir os mesmos benefícios que o chá.

A kombucha é preparada através da adição de cepas específicas de bactérias e açúcar ao chá preto ou verde, que posteriormente ficam fermentando por uma semana ou mais. O processo de fermentação produz vinagre e diversos outros compostos ácidos, além de pequenos níveis de álcool e gás, o que torna a kombucha gasosa e com um sabor característico bastante exótico. 

  • Probióticos

Probióticos são colônias vivas de bactérias, extremamente benéficas para a microbiota intestinal, pois equilibram os níveis de bactérias maléficas presentes no intestino, evitando doenças e colaborando na absorção de nutrientes. Resultante disso, o nosso organismo se torna mais saudável, incluindo a digestão, a prevenção de doenças e inflamações, podendo proporcionar, inclusive, a perda de peso natural. Existem diversas fontes naturais de probióticos que são obtidas através da alimentação e a kombucha é uma delas.

  • Antioxidantes

Assim como os chás verdes tradicionais, a kombucha também é rica em antioxidantes, uma vez que a bebida é comumente feita a partir dos próprios chá. Os chás verdes são ricos em polifenóis os quais exercem uma função antioxidante poderosa no organismo. Estudos científicos comprovam que indivíduos que consomem chá verde regularmente podem se beneficiar com a redução de níveis de colesterol, controle dos níveis de glicose no sangue e a perda de peso natural devido a um possível aumento na habilidade do corpo de queimar calorias. Além disso, o chá verde pode reduzir riscos de diversos tipos de câncer como o de mama, colo de útero e próstata.

  • Bactérias ruins

Durante a produção de kombucha diversas substâncias são produzidas, dentre elas o ácido acético, que ajuda a eliminar micro-organismos  maléficos para saúde. As kombuchas feitas a partir dos chás preto e verde possuem propriedades antibacterianas poderosas, o que é extremamente benéfico especialmente para a saúde da mulher, colaborando na prevenção de infecções acusadas por bactérias assim como cândida.

  • Doenças cardiovasculares

Estudos realizados em ratos indicam que a kombucha ajuda a melhorar o perfil lipídico em apenas 30 dias. Níveis adequados de colesterol diminuem significantemente os riscos de doenças cardiovasculares e consumidores de chá verde (ou kombucha feita a partir do chá verde) possuem aproximadamente 31% menos chances de desenvolverem doenças cardiovasculares do que aqueles que não consomem, de acordo com estudos.

  • Diabetes tipo 2

Pesquisas realizadas em ratos com diabetes apontaram que a kombucha reduz o tempo de digestão de carboidratos, o que consequentemente diminui os níveis de glicose no sangue. Além disso, a ingestão da bebida pode ajudar a melhorar a saúde dos rins e fígado. Um outro estudo, envolvendo 300 mil participantes, apontou que aqueles que consomem chá verde têm 18% menos chances de se tornarem diabéticos.

Tudo aquilo que agrega benefícios a nossa saúde vale a pena. Contudo, é importante lembrar que não existe milagres e a kombucha não irá produzir tantos efeitos benéficos na saúde se os demais hábitos não estiverem adequados. Alimentar-se de forma saudável e praticar atividade física são imprescindíveis para uma boa saúde. Além disso, é muito importante buscar acompanhamento e aconselhamento profissional.

Agora que já sabe vários benefícios da Kombucha, quer encontrar sua opção favorita de sabor? Clique aqui e veja tudo que temos em nosso site ;)

 

 


Partilhar esta publicação



← Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente →


0 comentários

Deixe um comentário