SIVENIM® 2  100 Cápsulas-23 - Celeiro da Saúde Lda

SIVENIM® 2 100 Cápsulas-23

  • €27.88
    Preço unitário por 
Imposto incluído.


SIVENIM® 2 100 Cápsulas

Combinação de plantas medicinais silvestres com cogumelos medicinais, algas marinhas e Própolis, cujos efeitos sinérgicos aconselham o SIVENIM 2 na terapia de todo o tipo de afecções do sistema imunitário, venoso ou respiratório:



Ingredientes activos:

​Plantas: Salvia officinalis, folha. Illicium verum, fruto. Echinacea purpurea, raiz. Pimpinella anisum, semente. Cinchona officinalis, casca. Astragalus membranaceus, raiz. Malpighia emarginata, fruto. Algas: Chlorella vulgaris e Spirulina platensis. Cogumelos: Cordyceps sinensis, Ganoderma lucidum, Grifola frondosa, Inonotus obliquuos, Lentinula enodes. Própolis: Apis propolis, resina. Gluconato de Zinco.

Da sua fórmula exclusiva, destacam-se:



Plantas;

A Salva ou Salvia officinalis é uma planta medicinal rica em polifenóis, flavonóides, substâncias amargas e saponinas.

O fruto do Anis-estrelado, ou Illicium verum, é um tónico geral, rico em resina, clorofila, óleo essencial e ácidos orgânicos. Utiliza-se como expectorante, carminativo, galactagogo, estomáquico e na fermentação intestinal.

A raiz da Equinácea, ou Echinacea purpurea, dispensa uma acção normal e benéfica contra infecções virais, estimulando naturalmente as defesas do organismo.

A casca da Quina ou Quinquina, ou Cinchona officinalis, arbusto espontâneo da cordilheira dos Andes mundialmente famoso pelas suas propriedades activas contra o paludismo ou malária, é rica em Alcalóides (quinina, quinidina), ácido quínico, ácido quinóvico, B-sitosterol, taninos e saponinas. É utilizada pelos seus efeitos adstringentes e tónicos normais,

O fruto do Anis-verde, ou Pimpinella anisum, contém resina e clorofila, elementos com propriedades antiespasmódicas normais, e óleo essencial fixo que, excretado parcialmente pelos pulmões, favorece naturalmente as secreções brônquicas.

A raiz do Astrágalo, ou Astragalus membranaceus, erva milenar chinesa, é rica em polissacarídeos, flavonóides e saponinas, substâncias que influenciam naturalmente o sistema imunitário.

O fruto da Acerola, ou Malpighia emarginata, uma das fontes naturais mais rica em Vitamina C, contribui com uma acção fortalecedora sobre o sistema imunitário. É utilizada também pela sua acção antioxidante normal sobre os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento prematuro das células.



Algas;

A Clorela, alga unicelular de água doce, riquíssima em clorofila.

A Spirulina é considerada um superalimento. Contém um elevado teor em proteínas, oito aminoácidos essenciais, betacaroteno (precursor da vitamina A), vitaminas, sais minerais, oligo-elementos, enzimas, fibras, ácidos gordos polinsaturados e ácido lipóico. É utilizada em situações de anemia, carências nutricionais e para optimizar o bom funcionamento do sistema imunológico.



Cogumelos medicinais;

Cordyceps sinensis, Ganoderma lucidum, Grifola frondosa, Inonotus obliquus e Lentinula edodes, cogumelos medicinais de cultura biológica, ricos em nutrientes e substâncias activas, contribuem para o fortalecimento e para a estimulação imunológica do organismo, factores importantes para a manutenção da homeostase nas células imunitárias, em macrófagos, monócitos, neutrófilos, células NK (natural killers) e células dendríticas. O processo biotecnológico utilizado no crescimento destes cogumelos permite utilizar não só o seu conteúdo integral, como também todos os metabolitos produzidos durante o seu cultivo.



Própolis;

O Própolis, ou Apis propolis, é utilizado desde há milhares de anos para o fortalecimento do sistema imunitário, fortificando naturalmente as defesas do organismo, por estimulação das células macrófagas que, em cooperação com os linfócitos B e T, eliminam microorganismos invasores.

Incorpora substâncias que incluem resinas ricas em compostos aromáticos, aminoácidos (polina), ácidos gordos (ácido mistrico), vitaminas (E, H, P e do complexo B), oligoelementos (zinco, vanádio e ferro), mono e polissacáridos, enzimas, bioflavonóides e algumas ceras.

Também Recomendamos